O edital de Fotografia Mulheres em movimento: experiências de enfrentamento à pobreza recebeu inscrições de todo o Brasil para selecionar 3 fotografias de jovens mulheres periféricas. A proposta foi uma iniciativa do Hub para Erradicação da Pobreza – HubEP e as instituições conselheiras (Ação da Cidadania, CIEDS, Gastromotiva, Instituto Ipê, Instituto Dara, Rede Asta, Sistema B e UNIperiferias), em parceria com Imagens do Povo/Observatório de Favelas. O tema do edital buscou estimular uma reflexão sobre identidades e cotidiano – entre elas gênero, raça e pobreza, a partir da experiência estética de leitura da realidade.

A comissão de seleção foi formada por Deborah Núñez, pesquisadora de imagem e cultura, docente, fotógrafa, artista visual e produtora cultural; Thaís Rocha, doutoranda na Universidade do Texas, em Austin e pesquisadora de trajetórias e narrativas visuais de fotógrafas negras brasileiras e Thais Alves Campelo, visual designer e publicitária carioca.

Conheça aqui as 3 fotografias selecionadas:

Foto “Que Nunca Falte”, de autoria de Beatriz Silva de Souza, Fortaleza (CE)

As fotógrafas selecionadas receberão um valor de R$ 1.000,00 (Um Mil Reais) pela cessão e licenciamento de direitos autorais para o Instituto Dara e o para o Hub para Erradicação da Pobreza – HubEP, por um período de 2 (dois) anos, conforme descrito no edital de inscrição, além de divulgação nas redes sociais. O HubEP, iniciativa multissetorial e 100% colaborativa para a erradicação da pobreza apresenta edital para promover e valorizar territórios periféricos e seus moradores, fortalecendo o ecossistema de enfrentamento à pobreza a partir do registro e compartilhamento de suas vivências e saberes.

Menção honrosa

Além das 3 fotografias selecionadas, a comissão destacou o trabalho de outras fotógrafas que também apresentaram por meio de suas imagens uma reflexão sobre o tema da  pobreza nas suas múltiplas dimensões. São elas: